19
Abr 12
publicado por Sofá Rouge, às 12:44link do post | comentar
Esclerosadas unhas de cetim posto
em verniz seco, desmanchado
de gretadas figuras de rosto posto
aspiram negrumes já vividos
em jeitos de bocas enrugadas
entre gemidos e ais de mais prazer
nas falsas montadas de olhos postos
e falsos prazeres de rotos costumes
nos mantos gélidos das garras que cruzam
a pele que arde em fios de sangue.
tags:

Texto extremamente visual, aliás como o Carabina já nos habituou, mas o fantástico da sua escrita está no facto das suas descrições serem muito visuais, mas ao mesmo tempo deixam espaço para a imaginação do leitor... as suas descrições vêem-se, mas acima de tudo, pelo menos no que a mim diz respeito, sentem-se...
Anónimo a 19 de Abril de 2012 às 12:59

Abril 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
17
18
20
21

22
24
25
26
27
28

29
30


comentários recentes
Das coisas mais belas que li... De uma simplicidad...
Maravilhoso texto sobre o tempo, um recurso que de...
Gosto da sua escrita... gosto mesmo muito, gosto d...
Não gosto de rótulos nem de catalogar as coisas......
Gosto tanto da forma como expõe ideias, gosto da m...
Posts mais comentados
43 comentários
39 comentários
18 comentários
13 comentários
11 comentários
Donativos