19
Abr 12
publicado por Sofá Rouge, às 12:34link do post | comentar
Paintings lying on the wall
staring straight as if I was
the only staring at the wall
or those paintings staying there
just remaining, nothing more
until the light begins to fade
and nothing more could I just stare
beyond those paintings on the wall
carved in stone in my black brain.

tags:

Adorei! O Carabina não perde a sua força mesmo mudando de língua... até parece que ganha outra musicalidade.
Muito bonito... algo melancólico, algo vazio, mas tão cheio de sentimento, de sensações. Muito belo.
Anónimo a 19 de Abril de 2012 às 12:44

Abril 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
17
18
20
21

22
24
25
26
27
28

29
30


comentários recentes
Das coisas mais belas que li... De uma simplicidad...
Maravilhoso texto sobre o tempo, um recurso que de...
Gosto da sua escrita... gosto mesmo muito, gosto d...
Não gosto de rótulos nem de catalogar as coisas......
Gosto tanto da forma como expõe ideias, gosto da m...
Posts mais comentados
43 comentários
39 comentários
18 comentários
13 comentários
11 comentários
Donativos