20
Fev 12
publicado por Sofá Rouge, às 11:01link do post | comentar
Morro-te nos lábios
nas voltas da tua boca
entrelaçado em línguas vivas
de vai-vem doce de emoções
e olhos que fechados tudo sentem
em mãos que acompanham a tua pele
e puxam e repousam tudo à volta
entre gritos sem ar e mudos arrepios
à medida que o beijo lento acelera
e as mãos que leves eram tornam garras.
tags:

A sua escrita é como o beijo que aqui fala, é quente, envolvente, acelera-nos o coração, faz o sangue correr mais rápido nas nossas veias... é inebriante!
Anónimo a 20 de Fevereiro de 2012 às 12:18

Fevereiro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
16
17
18

19
22
23
24
25

26
27
28
29


comentários recentes
Das coisas mais belas que li... De uma simplicidad...
Maravilhoso texto sobre o tempo, um recurso que de...
Gosto da sua escrita... gosto mesmo muito, gosto d...
Não gosto de rótulos nem de catalogar as coisas......
Gosto tanto da forma como expõe ideias, gosto da m...
Posts mais comentados
43 comentários
39 comentários
18 comentários
13 comentários
11 comentários
Donativos