27
Fev 14
publicado por Sofá Rouge, às 13:25link do post | comentar

Eras traço feito de aroma fresco e alquimia pura. Dançámos, que dançámos, em pontas de lápis vincado, a esboço de carvão negro. Gravámos, na dobra, o sabor ímpar do nosso bailado. Entalhamos o sangue ao coração, a traço negro do desassossego. E por lá ficamos, em rascunho...


Fevereiro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14

16
17
18
19
22

23
24
25
26
28


comentários recentes
Das coisas mais belas que li... De uma simplicidad...
Maravilhoso texto sobre o tempo, um recurso que de...
Gosto da sua escrita... gosto mesmo muito, gosto d...
Não gosto de rótulos nem de catalogar as coisas......
Gosto tanto da forma como expõe ideias, gosto da m...
Posts mais comentados
43 comentários
39 comentários
18 comentários
13 comentários
11 comentários
Donativos